6 de outubro de 2013

Bolo de chocolate saudável


Foram meses de ausência. Um período de transformações, principalmente na nossa alimentação. A  decisão pela reeducação alimentar não é fácil quando temos enorme prazer em cozinhar e comer. Exige disciplina e sobretudo criatividade para comer corretamente sem abandonar algumas pequenas alegrias. Foi o melhor caminho. Sem radicalizar. Podemos comer de tudo, mas com moderação. Até um doce pra não deixar a rotina tão sem graça. Fizemos muitos testes na cozinha. Uns desastrosos. Já outros acabaram se mostrando gratas surpresas. Não é assim tão simples trocar os brancos por integrais e incluir açúcares mais saudáveis na dieta sem prejudicar o sabor das preparações. Muitos quilos indesejáveis já se foram e ganhamos um cardápio mais variado e interessante, que vamos dividir aqui com vocês. Vou começar compartilhando um teste que me deixou muito feliz. Um bolo de chocolate (minha paixão!) sem glúten e sem lactose. Uma tentativa despretensiosa de alegrar as lombrigas sem sair da rotina.

Ingredientes:
- 5 ovos
- 1/2 xícara de chá de óleo de canola (milho ou girassol)
- 5 colheres de sopa de chocolate em pó (usei o do padre de 50%)
- 6 colheres de sopa de açúcar mascavo
- 4 colheres de sopa de fécula de batata
- 100 gramas de coco ralado 
- 1 colher de sopa de fermento em pó



Modo de fazer:
Coloque todos os ingredientes no liquidificador, começando pelos líquidos e terminando pelo fermento. Bata até obter uma massa homogênea e cremosa. Despeje a mistura em uma forma média de bolo inglês untada e enfarinhada (use a fécula para preparar a forma). Leve para assar em forno já aquecido a 180 graus por 25 a 30 minutos. 

O resultado é um bolo muito fofo, úmido e cheio de sabor de chocolate. O coco substitui a farinha e a fécula deixa a massa um pouquinho mais consistente sem pesar. Quem gostar de sabores ainda mais marcantes pode trocar o chocolate em pó por cacau 100%. Outra substituição possível é adicionar açúcar demerara no lugar do mascavo. E você pode ainda trocar a fécula de batata por amido de milho. E viva as possibilidades!!! Prove e depois me conte. 

Dica: o bolo é muito leve e pode murchar um pouco caso você tire do forno imediatamente após ficar pronto. É apenas uma questão estética. Você pode desligar o forno e deixar a porta um pouco aberta por alguns minutos antes de tirá-lo. 



15 de janeiro de 2013

Batata Rústica


Eu sou a rainha dos acompanhamentos. Não existe boa comida caseira sem batata. Marcos sempre me diz que eu pareço meu pai - não vive sem uma batatinha pra dar aquela graça no tradicional arroz com feijão. Não me importa se tem salada, carne, farofa. Não me tirem esse prazer. Desde criança a gente carrega a paixão pela batata frita, mas ao longo da vida conhecemos outras maneiras de preparar essa delícia. Não sei exatamente onde vi ou como aprendi a preparar a batata rústica. A verdade é que se tornou um vício por aqui e nas casas por onde passo. Adoro divulgar guloseimas. Uma alternativa à fritura, a batata rústica vai bem como acompanhamento, entrada e até petisco. Fica deliciosa com carne vermelha, frango e até peixe. E com hambúrguer é de comer rezando. Resista se puder!


Ingredientes:
- 3 batatas grandes
- 4 colheres de sopa de azeite
- 3 ramos de alecrim (fresco é sempre melhor, mas pode ser seco também)
- sal grosso ou flor de sal a gosto
- pimenta do reino a gosto


Modo de Fazer:

Você pode fazer com ou sem casca. Eu prefiro a segunda opção. Descasque, lave bem, seque com a ajuda de papel toalha e corte as batatas em gomos. Quanto mais gordinhos, melhor. Por aqui, fazemos em 4 gomos. Ela fica macia por dentro e crocante por fora. Coloque as batatas em uma forma, de preferência antiaderente, regue com azeite, tempere com sal e pimenta a gosto e finalize com as folhinhas de alecrim. Leve ao forno, previamente aquecido a 180 graus, por 40/50 minutos ou até dourar. Vire as batatas no meio do processo. Sirva imediatamente.

Se preferir, coloque dentes de alho inteiro e descascados.

13 de janeiro de 2013

Muffin de Parmesão


Comi muffin salgado pela primeira vez em um brunch no hotel Emiliano, em São Paulo. O melhor café/almoço da vida, presente de Natal do marido, que em breve vou dividir com vocês. A receita misturava queijo com damasco e me ganhou na primeira mordida. Um bolinho com jeito de pão - fofo, delicado e saboroso. Nunca fui muito de bolos salgados, prefiro os doces, mas essa nova modalidade já está conquistando a casa. Em um dia de semana bem comum, resolvi usar o parmesão que estava na geladeira e transformá-lo em um muffin para a entrada de nosso jantar. A receita foi garimpada em um dos blogs de gastronomia que gosto de visitar, o Cinara's Place e fez um sucesso danado. Muffins em geral são feitos com massas pesadas e indicados para consumo imediato, ao melhor estilo fez-comeu. No dia seguinte, capaz de você encontrar um bolinho duro e bem ressecado. O muffin salgado é ótima opção para entrada de refeições (acompanhado de manteiga), para petiscar ou acompanhar caldos e sopas no inverno, substituindo o tradicional pão francês. Sirva quentinho.

Ingredientes:
- 1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
- 1 colher de sopa de açúcar
- 1 1/2 colher de chá de fermento em pó
- 1/2 colher de chá de bicarbonato
- 1/2 colher de chá de orégano
- 1/2 colher de chá de manjericão seco
- 3/4 xícara de chá de parmesão fresco ralado
- 1 1/4 xícara de chá de buttermilk ***
- 1/4 xícara de manteiga derretida
- 1 ovo
- sal a gosto
- queijo ralado para polvilhar


Modo de Fazer:

Em um bowl, coloque a farinha, o açúcar, o fermento, o bicarbonato, as ervas secas e o parmesão. Misture bem. Adicione o buttermilk, a manteiga e o ovo e mexa apenas para agregar os ingredientes. Tempere com sal a gosto, não esquecendo que o parmesão já tem sal. A massa é mesmo irregular. Não misture demais para que o muffin não fique duro. Para assar, você vai precisar de uma forma própria para muffins/cupcakes ou até forminhas maiores de empadinha. Há dois caminhos: untar e enfarinhar as formas ou usar forminhas de papel forneáveis dentro dos canecos. Eu prefiro as de papel pela praticidade. Encha 2/3 da capacidade das formas com a massa, polvilhe com parmesão e leve para assar em forno, previamente aquecido, a 180 graus, por 20 minutos ou até dourar.


***Buttermilk ou leitelho é o soro que sobra do processo de fabricação da manteiga ou o resultado da adição de uma cultura de bactérias ao leite magro industrializado. Mais comum nos Estados Unidos, o ingrediente (menos calórico/gorduroso e de fácil digestão) deixa receitas de pães e bolos mais leves e fofas. O buttermilk pronto não é algo que se encontre facilmente no Brasil, mas podemos fabricá-lo em casa de maneira bem simples. Em uma xícara medidora, coloque uma colher de sopa de suco de limão tahiti coado ou vinagre, complete com leite integral e deixe descansar por 10 minutos. Pronto. Seu buttermilk estará no ponto para usar. Vá dobrando ou adequando o preparo de acordo com as necessidades da receita.

11 de janeiro de 2013

Pão Caseiro


Pão caseiro é sempre uma opção bacana para lanches e cafés. Eu gosto muito de pão, mas quase sempre escolho os bolos, talvez pelo amor, mas também pela praticidade. Uma receita em especial me ganhou, o pão caseiro da Palmirinha. Ingredientes simples, um jeito fácil e muito rápido de preparar. Aprendi a receita no programa da culinarista no canal Bem Simples e já fiz duas vezes. Marido e família aprovaram o pão e meu pai já até deu ideia de incluir um recheio de linguiça da próxima vez. O pão é bem neutro. Dá pra comer com frios, geleias, com a tradicional manteiga e até puro com café. Um coringão na cozinha. 

Ingredientes:
- 2 ovos 
- 1 xícara de chá de leite
- 1/2 xícara de chá de óleo
- 3 colheres de sopa de açúcar
- 1 colher de café de sal
- 3 xícaras de chá de farinha de trigo
- 2 tabletes de fermento para pão fresco ou 1 envelope de fermento seco


Modo de Preparo:

No copo do liquidificador, coloque o leite morno, os ovos, o óleo e o fermento. Bata até obter uma mistura homogênea. Adicione o sal e o açúcar e volte a bater. Despeje a mistura em um bowl e acrescente a farinha. Mexa até que a massa fique lisa e com bolhas. Tome cuidado para não misturar demais para evitar que o pão fique duro. Coloque a massa em uma forma para pão untada e enfarinhada e espere dobrar de tamanho. Leve ao forno médio, previamente aquecido, por 20 minutos ou até dourar. 

O pão tem bom crescimento. Recomendo uma forma média ou grande para acomodar a massa.   

Dica da Casa: no calor, a massa dobra de volume com enorme facilidade. No frio, o processo é mais demorado, mas há uma dica do tempo da vovó para facilitar a fermentação. Ligue o forno por 2 ou 3 minutos. Desligue. Embrulhe a forma com uma toalha de mesa ou pano de prato. Leve ao forno desligado e deixe descansado até obter o resultado esperado. Depois é só tirar a toalha, acender o forno e assar o pão.
     

9 de janeiro de 2013

Spaghetti ao limone


O marido simplesmente adora massa. Não precisa de acompanhamento nenhum, só o macarrão já é o suficiente pra ele. Eu sempre peço uma carne para compor o prato, mas já estou me acostumando com a ideia de comer apenas a massa e o molho. E gostando. Num dia de preguiça tão peculiar o spaghetti ao limone caiu muito bem. Limão siciliano dando sopa na fruteira e a alegria foi geral. A receita veio do Panelinha, um dos meus sites preferidos de culinária, da chef Rita Lobo, e já se tornou uma de nossas favoritas. Leve, fresco e delicioso. Nem senti falta da carne, acreditem.

Ingredientes:
- 1/2 pacote ou 250gr de spaghetti
- suco de 1 limão (usei o siciliano)
- raspas de 1 limão
- 100 ml de creme de leite fresco
- 100 ml de azeite extra virgem
- 150 gr de queijo parmesão ralado
- sal e pimenta a gosto
- manjericão a gosto


Modo de Fazer:

Lave bem o manjericão em água corrente, seque com a ajuda de um papel toalha e pique grosseiramente.

Em uma panela, coloque 2 litros de água, 1 colher de sopa de sal e leve ao fogo alto até ferver. Coloque o macarrão e cozinhe de acordo com as instruções da embalagem. A massa deve ficar al dente.

Molho:

Em um bowl grande, onde o macarrão poderá ser servido, coloque o azeite, o suco de limão e o parmesão ralado. Misture bem até obter um creme homogêneo. Junte o creme de leite fresco. Tempere com sal e pimenta. Escorra o macarrão e despeje no bowl com o molho. Mexa bem para que a massa fique envolvida pelo sabor dos ingredientes. Acrescente as raspas de limão e o manjericão. Misture devagar. Decore com folhinhas de manjericão. Sirva imediatamente.

19 de dezembro de 2012

Bolo Pão de Mel


A receita é da mãe da Joyce Ribeiro, que gentilmente alegrou um de nossos plantões na CBN com uma fatia generosamente recheada de brigadeiro e coberta de chocolate. Lembro-me como se fosse hoje o conforto que aquele doce me proporcionou no meio de 10 horas de trabalho. Dias depois, lá estava a Joyce com a receita anotada pra mim. Uma querida! Outro dia, Marcos e eu estávamos passeando no supermercado favorito do bairro e lá vem ele me chamar para a degustação da padaria, a parte favorita das compras. Eram quadradinhos de bolo pão de mel, recheados com uma respeitável camada de doce de leite e cobertos com chocolate. A apresentação rústica, muito em alta, me conquistou. Um disco de bolo, recheio, bolo e chocolate derretido apenas por cima, sem finalização lateral. Não muito convencional, mas a aparência moderna, revelando os segredos da montagem de um bolo, me conquistou. To achando essa moda "displicente" muito chique. O bolo inteiro, 15cm no máximo, estava à venda pela (bagatela?) de 40 Dilmas. "Caramba! Eu faço esse bolo, falei." O dito cujo ficou na cabeça. Fiz esta semana usando a receita da mãe da Joyce como base. Cheiro de especiarias no ar. A casa agradece.


Ingredientes:
- 1/2 xícara de conhaque
- 1 lata de leite condensado
- 1 lata de leite
- 3/4 xícaras de mel
- 1/2 xícara de açúcar mascavo
- 1 colher de sobremesa de bicarbonato
- 1 colher de sobremesa de cravo da índia (moído ou em pó)
- 1 colher de sobremesa de canela em pó
- 3 xícaras de farinha de trigo
- 1 xícara de chocolate em pó
- 1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de Fazer:
Coloque todos os ingredientes no liquidificador, começando pelos líquidos, e bata até obter uma massa homogênea. Despeje a mistura em uma forma untada e enfarinhada e leve ao forno, previamente aquecido a 180 graus, por cerca de 30 minutos ou até que o palito saia limpo depois do teste. Uma dica: não deixe assar demais para não ficar seco. Eu fiz apenas 1/2 receita e usei uma forma de 20cm de diâmetro. Para a receita inteira, como temos aqui, acho que formas de 26 ou 27cm estão de bom tamanho.

Recheio:
- 2 latas de leite condensado cozidas na panela de pressão por 40 minutos ou o seu doce de leite preferido.

Cobertura:
- 250 gr de chocolate meio amargo derretido


Montagem:

Você pode usar um aro pra ajudar na montagem, uma folha de acetato ou o bom e velho jeitinho brasileiro, como foi o meu caso. Forrei uma forma do mesmo tamanho da que assei com papel filme, deixando uma boa sobra para fora para puxar e desenformar depois de pronto.

Corte o bolo em dois discos. Comece pelo primeiro disco, cubra com o doce de leite e depois coloque o segundo disco. Por último, despeje o chocolate derretido. Pode levar à geladeira por alguns minutos para ajudar a formar a casquinha de chocolate. Para decorar, coloque o que sobrou da cobertura em um saquinho de confeitar comum ou feito com papel manteiga e faça traços sobre o bolo.

6 de dezembro de 2012

Mousse de limão siciliano


Tá um calor danado em São Paulo. A temperatura passa facilmente dos 30 graus todos os dias. E, quando bate a vontade de doce, penso logo nos cítricos. O limão siciliano é uma excelente opção. Dizem que é o verdadeiro limão. Mais comum na Europa e em países de clima frio, a fruta é bem mais difícil por aqui e mais cara também, mas pode render ótimas receitas. Bolos, tortas, mousses, drinks, marinadas e até brigadeiro. Lindo, fresco, aromático, sofisticado, o limão siciliano faz boa presença sempre e fica delicioso em uma mousse, nossa escolha para aliviar o calor. Zero trabalho na cozinha.

Ingredientes:
- 1 lata de leite condensado
- 1 caixinha de creme de leite
- suco de 2 limões ou 1/2 xícara de chá
- raspas de limão para decorar

Modo de Fazer:

No liquidificador, coloque o leite condensado, creme de leite e o suco de limão coado. Bata até obter um creme homogêneo. Coloque em tacinhas individuais ou em uma taça grande e leve ao congelador por cerca de duas horas. O objetivo aqui não é congelar. O que queremos é uma consistência firme, não um sorvete. Depois, mantenha em geladeira até a hora de servir.

Pra decorar, raspas de limão ou ainda raspas de chocolate branco.

Rende 4 porções.